Fazemos acontecer

Funjape, apoio a quem tem câncer

Publicado na Revista Tutti Vida & Estilo | 05ª Edição | Dezembro | 2012
Foto: Alessandro Maschio / MBM Ideias

Fundação Jaime Pereira oferece transporte gratuito para tratamento e apoio à família

Fazer o bem e conhecer a quem. A revista Tutti Condomínios inicia uma série de matérias que irão apresentar, a cada edição, o perfil de instituições sociais de Piracicaba comprometidas com o trabalho que proporciona bem-estar, acolhimento e ajuda de um modo geral a quem precisa.

A Fundação Jaime Pereira (Funjape) se enquadra nesse perfil. Fundada há 11 anos, o atendimento humanizado, sem filas para cadastros e com oferta de transporte gratuito para tratamento de câncer fora de Piracicaba, faz dela uma entidade ímpar na rede local de apoio às pessoas com a doença.

A casa atende a aproximadamente 200 pessoas diagnosticadas com as mais diversas formas do câncer e, também, suas famílias, que recebem, conforme as necessidades, cesta básica, leite integral, suplementos alimentares, fraldas, medicamentos para adultos e crianças e apoio psicológico e nutricional.

“Não temos fila de espera. Antes mesmo de o cadastro ficar pronto, já oferecemos o atendimento, seja ele transporte, remédio ou apoio social”, conta a assistente de marketing da fundação, Lana Maria Costa.

A Funjape destina sua assistência às pessoas de baixa renda. A presidente Maria de Fátima Pereira Gandelim conta que o câncer desestrutura a família e derruba facilmente a renda per capita.

“Se a criança fica doente, a mãe para de trabalhar a fim de manter os cuidados necessários. Se o homem da família adoece, a esposa também acaba se demitindo do trabalho, e o seguro social paga muito pouco para o doente afastado. Assim, até famílias de classe média ficam a um passo da ruína e estamos aqui para ajudar a todos”, relata. Entidade que leva o nome do pai de Maria de Fátima, homem de família tradicional do bairro Paulista e que sempre primou por ajudar ao próximo.


ESTRUTURA

Com apenas oito funcionários, a Funjape se articula com base no voluntariado. O Reiki e a oficina de artesanato – terapias energética e ocupacional, e, no caso do trabalho manual, uma forma de renda para assistidos e família –, e o atendimento personalizado de um profissional de nutrição – que inclusive dá orientações sobre higiene com visitas em domicílio – possibilitam uma melhor assistência. “Oferecemos o apoio com profissionais e demais serviços até mesmo depois do falecimento do atendido. É um momento muito doloroso e de difícil retomada”, conta Maria Fátima.

Em abril de 2013, a Funjape terá pronta sua sede própria na avenida Doutor Paulo de Moraes. Lana conta que a prefeitura doou um terreno próximo ao Centro Cívico e que empresas parceiras auxiliaram de diferentes formas para viabilizar a construção.

Toda a captação de recursos financeiros é feita por doações de empresas – Concivi, Mineradora Barbarense, Decora, Terra Plena, JPA e Tubocat – ou de pequenos contribuintes – a casa conta com 3.000 contribuintes que destinam, em média, R$ 7 ao mês para a Funjape.

“Entretanto temos um déficit mensal de R$ 7.000 a R$ 8.000, que procuramos saldar com eventos, como jantares e venda de pizza. As empresas que nos apoiam nos ajudam muito encaminhando, por exemplo, produtos alimentícios para que essas promoções possam acontecer, ação que garante as portas abertas da fundação”, diz Maria de Fátima.

Em 2013, o departamento de marketing e a direção do Funjape criaram um selo de responsabilidade social que será conferido à empresa contribuinte da casa. “Não falta muito para ser exigência do governo, em concorrências públicas, o engajamento empresarial de cunho social”, observa a presidente da Funjape. (por Cristiane Bonin)

Revista Tutti Vida & Estilo Ver todas


Index Soluções
MBM Escritório de Ideias.
Rua Professor Luiz Curiacos, 109 – salas 513 e 514   Cidade Jardim   CEP 13416-461   Piracicaba SP  Fone 19 3371 5944  contato@mbmideias.com.br