Fazemos acontecer

Férias animadas

Publicado na Revista Tutti Vida & Estilo | 08ª Edição | Junho | 2013
Foto: Acervo Alphaville/Quality Ville

Condomínios podem proporcionar diversão e entretenimento aos pequenos durante as férias de julho

Criançada em férias e as ideias para entretê-los vão minguando com o  passar dos dias. Em casa é aquela bagunça frequente e as atividades indoor vão perdendo seu poder atrativo. Mas calma! A solução está no velho ditado "a união faz a força".

Morar em condomínio, seja ele vertical ou horizontal, tem como pressuposto muita gente por perto. Então, vamos ao ataque. Reúna as forças administrativas – síndico e/ou presidente da associação dos moradores – e todos os vizinhos para uma proposta coletiva: brincar juntos.

O Alphaville Piracicaba levou o assunto a sério e é um exemplo que pode ser copiado no quesito entretenimento. Mesmo ainda em fase de construção – apenas seis famílias estão instaladas no local e o número de casas sendo levantadas é de aprocimadamente 40 –, a associação de moradores mobilizou os condôminos para um cronograma de atividades coletivas durante as férias de julho, reunindo até 30 crianças e adolescentes.

De acordo com o presidente da Associação de Moradores do Alphaville, Mauro Merci, e o diretor de esportes do mesmo condomínio, Regis Novaes, são dois meses, junho e julho, com um mix de brincadeiras e pequenos campeonatos desportivos. As atividades são direcionadas para um público formado por crianças e adolescentes com até 13 anos de idade, e são realizadas todos os sábados, das 9h às 13h, nas dependências do condomínio.

Tem disputas na piscina e no campo de futebol. Tem oficina para fazer e aprender a empinar pipas. Tem pega-pega e jogos de tabuleiro. Tudo bem pensado por uma equipe de educadores físicos da Quality Ville e sempre com o apoio de um bombeiro contratado para quaisquer necessidades de primeiros-socorros – a organização também inclui lanches para a garotada.

“Tudo começou por conta da contratação da Quality Ville, que faz um trabalho de consultoria para atividades físicas aos condôminos, todos os dias na academia do condomínio, e em atividades como caminhadas, por exemplo. No ano passado, propusemos a esses consultores fazer algo durante as férias para as crianças e deu certo”, diz o diretor de esportes Régis Novaes. “Essa também é uma forma dos pais e filhos, futuros moradores, já usufruírem dos espaços do condomínio. Também é uma oportunidade de todos se conhecerem”, completa Merci.

NO SEU CONDOMÍNIO

O mercado de entretenimento piracicabano oferece diferentes opções tanto para número de público, faixa etária e preço. Não é necessário ter grandes infraestruturas no prédio ou condomínio horizontal para juntar a garotada e proporcionar atividades longe da televisão e do computador. Basta a iniciativa dos adultos para horas saudáveis e de convivência que podem promover aprendizagem, disciplina e tranquilidade aos pais.

Nanci Sancinetti Monteiro, da Biolazer Promoções e Eventos, tem uma lista de equipamentos para alugar e fazer a galerinha se mexer. É cama elástica, piscina de bolinhas, escorregador de centopeia e tobogã de jacaré, tudo para gastar as energias dos pequenos. No campo da recreação, incluindo monitores especializados e materiais específicos, é possível promover para a garotada atividades como jogos, brincadeiras e gincanas dirigidas.

“Podemos fazer recreação com diversas possibilidades, com 30 crianças ou 100 crianças. Para promover as atrações, o ideal é conhecer o perfil do público, mas em termos de brinquedos esta opção é mais ampla”, informa Nanci. A reportagem da Tutti Condomínios também apurou valores (veja no quadro 1).

Com um pouco mais de empenho dos pais e adultos do condomínio, também é possível fazer uma força-tarefa e promover uma série de recreações, juntando os variados tipos de entretenimento que cada um tem em casa ou mesmo ideias de brincadeiras (veja no quadro 2 algumas sugestões). Tudo isso pode parecer um simples passatempo, mas não é!

“O jogo infantil coletivo pode ser tratado como uma forma de interação específica, na medida em que proporciona comunicação com outras pessoas, objetos, animais e ambientes, além de mobilizar e modificar um grande repertório cultural”, destaca a mestre em educação e doutora em sociologia Tamara Grigorowitschs.

Juntando a turma do condomínio

Jogos de tabuleiro: separe turmas por idade e prepare mesas e cadeiras, ou um espaço no chão, para que haja conforto.

Games eletrônicos: faça campeonatos e coloque os resultados em uma lousa; conceda um pequeno prêmio aos vencedores.

Culinária: combine horários e pequenos grupos de até dez crianças ou jovens; pesquise receitas fáceis de fazer e que caiam bem no paladar do seu público.

Festa temática: pode ser à fantasia ou com personagens; os pais podem preparar alguns tira-gostos e bebidas; música também é fundamental.

Oficina de arte ou conserto: no caso da atividade de artes, cada um pode trazer um pouco de material como cartolina, sulfite, guache, giz de cera; fixe todos os trabalhos em uma parede e prepare uma exposição para pais, familiares e amigos; no caso da oficina de conserto, separe brinquedos e objetos quebrados, a ideia também incentiva conceitos de preservação e reciclagem. (por Cristiane Bonin)

Revista Tutti Vida & Estilo Ver todas


Index Soluções
MBM Escritório de Ideias.
Rua Professor Luiz Curiacos, 109 – salas 513 e 514   Cidade Jardim   CEP 13416-461   Piracicaba SP  Fone 19 3371 5944  contato@mbmideias.com.br