Fazemos acontecer

Tutti do bem - Caridade sempre

Publicado na Revista Tutti Vida & Estilo | 20ª Edição | Junho | 2015
Foto: Guilherme Miranda

Por Por Ronaldo Victoria

 
Com 73 anos de atuação, União Espírita realiza trabalho social de atendimento a famílias carentes e formação profissional
 
Abraçar a doutrina espírita foi algo decisivo tanto para o marceneiro aposentado Paulo Patreze quanto para o professor universitário Francisco Mourão. E eles têm a sorte de contar na cidade com a União Espírita de Piracicaba, que já tem uma história de 73 anos de atuação.
 
Patreze conta que está desde os primeiros tempos da União, pois começou a frequentar a entidade ainda na infância, há 73 anos. De acordo com ele, a decisão de procurar a União fez sua vida melhorar em todos os sentidos. “Melhorou em tudo, não apenas pela minha saúde, mas também pelo respeito ao semelhante, pela dedicação ao próximo”, conta Patreze, que ministra palestras quase semanalmente e participa de grupos de estudo.
 
Ele revela, porém, que o preconceito ainda persiste e tem se manifestado mais recentemente. “A maioria das crenças religiosas ainda fica estagnada no dogma e não evoluiu. Quanto a nós, não nos cabe entrar em polêmica. Eu costumo perguntar: qual é a melhor religião? É aquela em que cada filho de Deus se adapta a Ele”, ensina.
 
Mourão, que leciona na Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), além das palestras, trabalha toda terça-feira num grupo de ajuda mediúnica. “O grupo faz um estudo semanal da doutrina espírita. É um trabalho constante e um grande desafio. Estimula não apenas a nossa crença, mas o nosso lado racional”, define.
 
Na opinião do professor, que trabalha com o grupo há oito anos, esse período está sendo bastante estimulante. “Para vivenciar a doutrina espírita, para compreendê-la bem, é fundamental associar a teoria com a prática. Nesse sentido, não vale apenas participar de grupos de estudo, mas adotar no cotidiano a prática da caridade, que cada um de nós abraça à sua maneira”, define.
 
CARIDADE
Fora da caridade não há salvação. Este é um dos postulados de Allan Kardec, base da doutrina espírita como ciência, filosofia e religião. A União começou suas atividades em 1942. A primeira presidente foi a professora Eugênia da Silva, a dona Eugênia (nome de rua na cidade), que logo no começo deixou clara a sua preocupação social no comando da entidade.
 
Hoje, quando recebe, em média, 3.000 pessoas por mês, a União é presidida pelo professor Luiz Dellabio. “Ampliamos nossos projetos de fraternidade e ajudamos em média 25 famílias por mês com cesta básica, prestando auxílio também para a aquisição de medicamentos e de enxoval para crianças. Esse trabalho é contínuo”, conta Dellabio. Além disso, desenvolve trabalhos voltados para a profissionalização, como a padaria e as aulas de costura, realizadas às quartas-feiras.
 
A União Espírita sobrevive por meio de promoções (vendas de tortas e salgados produzidos na própria padaria, chás beneficentes e brechó), além de contribuições de sócios e espontâneas. Os gastos, segundo Dellabio, dependem da arrecadação mensal, que é bastante variada. A participação na Festa das Nações, novamente com a Barraca Mexicana, tem um retorno bastante significativo, e garante a manutenção por pelo menos seis meses.
 
As doações à União Espírita podem ser feitas pelo Santander, agência 0285, conta corrente 01302922-4, em nome da União Espírita de Piracicaba, ou diretamente na secretaria: rua Regente Feijó, 933, no Centro, das 17h às 21h, de segunda a sexta-feira. Ou, ainda, pelos telefones 3422-6155 ou 3422-8685. São aceitas também doações de alimentos.

Revista Tutti Vida & Estilo Ver todas


Index Soluções
MBM Escritório de Ideias.
Rua Professor Luiz Curiacos, 109 – salas 513 e 514   Cidade Jardim   CEP 13416-461   Piracicaba SP  Fone 19 3371 5944  contato@mbmideias.com.br