Fazemos acontecer

Pequeno Dicionário do Lar - Letra M

Publicado na Revista Tutti Vida & Estilo | 23ª Edição | Dezembro | 2015

Por Cristiane Bonin

 
M de Massa
 
As férias estão aí e a regra é ter praticidade na cozinha. Um prato rápido e que agrada a adultos e crianças são as massas. Então, aproveite estas dicas para preparar tudo direitinho!
 
Macarrão
Se o macarrão não couber inteiro na panela, não é necessário quebrá-lo. Deixe metade para fora e, assim que a parte imersa na água amolecer, ele irá escorregar. Mexa com um garfo para ajudar o processo. Só coloque-o na água depois de levantar fervura. Não acrescente azeite ou óleo na água para garantir que os fios fiquem soltinhos. Caso vá servir com o molho
à parte, dissolva um pouco de manteiga ou azeite no macarrão. O mesmo serve para quando o macarrão for cozido para uso posterior.
 
Lasanha
Para a tipo pré-cozida seca é preciso usar molho mais ralo. Se optar pela de pastel, fure com um garfo para que a lasanha não estufe ao forno. Já a massa de caixinha precisa ser cozida al dente para menos. No caso da massa fresca é necessário experimentar o ponto, pois há marcas mais consistentes e outras mais moles. Outra faceta da lasanha é sua versão light. A
receita é uma das melhores para se tornar um delicioso prato para os que estão de dieta: é só não usar o molho branco e fazer a substituição das camadas de massa por legumes grelhados ou pré-cozidos em fatias, como a berinjela e abobrinha. Um dos erros mais comuns é a massa ficar seca. Isso ocorre por conta do uso de molhos consistentes. Quando levar ao forno, nunca se esqueça de cobri-la durante os primeiros 20 minutos do cozimento.
 
Panqueca
A mistura básica para as panquecas recheadas é uma xícara (chá) de farinha de trigo, uma xícara (chá) de leite e um ovo. Dependendo do uso final, vale adicionar uma pitada de sal ou uma colher de sopa de açúcar. Para panquecas mais finas, aumente a quantidade de líquido. E, para deixar a massa mais leve, bata as claras de ovo em neve. Quanto mais bater, mais fina a massa fica. Vale também misturar salsinha, manjericão, couve, cenoura ou beterraba para dar uma cor diferente ao prato. Uma variação interessante é trocar a farinha de trigo normal pela integral, no todo ou em parte. Para saber se a frigideira está quente o suficiente, pingue um pouco de água: as gotas devem escorregar pela superfície antes de evaporar de vez. Na hora de virar as panquecas, vá com calma: as bordas da massa cozinham primeiro. Quando estiverem douradas, já dá para virar.
 
Fonte: Marcella Ciarelli, chef formada pelo Senac-Águas de São Pedro e proprietária da Ciarelli Gourmet Banqueteria.

Revista Tutti Vida & Estilo Ver todas


Index Soluções
MBM Escritório de Ideias.
Rua Professor Luiz Curiacos, 109 – salas 513 e 514   Cidade Jardim   CEP 13416-461   Piracicaba SP  Fone 19 3371 5944  contato@mbmideias.com.br