Fazemos acontecer

Dahma cria comissão para animais

Publicado na Revista Tutti Vida & Estilo | 30ª Edição | Dezembro | 2017
Foto: Divuglação
Objetivo é conscientizar sobre a importância de um convívio saudável
 
Ter um animal de estimação traz muito prazer, companheirismo e diversão, mas não apenas isso: traz também a necessidade de ter consciência da posse responsável. É comum observar pelas ruas e condomínios, donos com seus animais soltos, colocando em risco pessoas, crianças e o próprio animal. Cães são
seres muito inteligentes e, quando equilibrados, assumem posturas adequadas de convívio com pessoas e outros animais, tanto de sua espécie como de outras.
 
Entretanto, eles mantêm instintos naturais e esses, muitas vezes, podem ser disparados sem o menor controle de seu dono, por meio de uma detecção de ameaça, um cheiro ou até por um simples instinto predatório. Portanto, manter o cão em uma coleira adequada ao seu porte é um dever de seu dono para oferecer proteção a todos.
 
Outra situação desagradável, sobretudo para quem não têm ou não gosta de cachorros, é a questão dos dejetos que donos irresponsáveis insistem em abandonar na frente de outras casas ou áreas comuns de condomínios. Este é um fator de tensão entre moradores, pois trata-se de um desrespeito. Deixar fezes de um pet no jardim ou na calçada de outro morador pode gerar problemas que vão além de um simples desentendimento. Pensando nisso, a atual diretoria do condomínio
Damha criou uma comissão de animais, uma vez que lá não há só os animais de estimação, mas também nativos como corujas, tucanos, garças, patos, quero-
-queros e galinhas-de-angola que foram inseridas ao ambiente para ajudar no controle de escorpiões.
 
A comissão de animais foi criada com o objetivo de conscientizar sobre a importância de um convívio saudável entre moradores e animais, levar informações, inclusive com palestras. Como primeira ação, a comissão, composta por Claudia Viviani, Denise Buzatto, Maria Helena Nicolau Longatto e Sirlei Assis de Oliveira espalhou diversos coletores para que os condôminos possam pegar saquinhos e recolher as fezes de seus cães nos passeios com seus animais. Esses coletores não tiveram custo para o condomínio, já que houve apoio institucional de diversas empresas que mantêm relacionamento comercial com moradores do Damha. A Revista Tutti, por meio de seu diretor Bruno Chamochumbi, foi uma das apoiadoras da iniciativa. A comissão pretende ainda criar espaços fechados e dedicados aos cães, com circuito de brincadeiras para que os donos possam soltar seus pets para gastar energia.
 
A diretoria do Damha, composta por Vanderlei Zampaulo, Marcelo Eurípedes, Pascoal Maroço, Dayane Pereira e Jairo Viviani, acredita que o melhor caminho para um condomínio ser harmonizado e humanizado é a conscientização de que todos devem aprender e ensinar mutuamente e, para isso, incentiva aos moradores a compartilhar ideias e se envolverem com as assuntos do condomínio.
 
Outras ações com sentido educativo, como coibir animais soltos, obediência a velocidade e leis de trânsito, além de contingenciamento de gastos, estão sendo implantadas no condomínio e sendo bem recebidas pelos moradores. “Cada gestão coloca um novo tijolo e, com isso, vamos moldando um condomínio cada vez
melhor”, destaca Vanderlei Zampaulo.
 

Revista Tutti Vida & Estilo Ver todas


Index Soluções
MBM Escritório de Ideias.
Rua Professor Luiz Curiacos, 109 – salas 513 e 514   Cidade Jardim   CEP 13416-461   Piracicaba SP  Fone 19 3371 5944  contato@mbmideias.com.br