Fazemos acontecer

Espaço para brincar

Publicado na Revista Tutti Vida & Estilo | 04ª Edição | Outubro | 2012
Foto: Alessandro Maschio / MBM Ideias

Brincadeira de criança é assunto levado a sério por condomínios

Os  pequenos moradores de condomínios verticais merecem uma atenção especial. Fechadas em apartamentos, muitas vezes ‘alimentadas’ com vídeo-games e televisão, os pais precisam lembrar que crianças precisam brincar de verdade em espaços abertos, com brinquedos palpáveis e se sociabilizando com outras pessoas.

E, para isso, elas necessitam de uma infra-estrutura que se adapte à dinâmica da idade. Isso porque muito além de distração, brincar certo contribui para o desenvolvimento intelectual e ajuda nos primeiros contatos da criança com o mundo, salienta a psicóloga e psicanalista, Maria Helena de Barros e Silva.

Adultos e crianças residentes no edifício Faride Maluf Alves, no bairro São Judas, vivem e convivem num modelo ideal quando o assunto é espaço infantil. Em dias de semana, das 17h30 até meia-noite, uma legião de 30 crianças na faixa etária de um a 12 anos toma conta do espaço externo do prédio que abriga 40 apartamentos.

No Faride Maluf, há espaço para o corre-corre, bicicletas e patins. Há brinquedos específicos para os pequenos em pontos ao abrigo da chuva e do sereno; uma área ampla com mesa para refeições; uma cozinha com geladeira para nutrir os pequenos; e até uma televisão para todos assistirem o hit da criançada, a novela Carrossel, sem perder a companhia dos demais colegas.

Ao entrar nesses locais, é perceptível a ocupação do espaço: o escorredor de louças cheio de copos, pratos e demais utensílios de cozinha e o pequeno tênis deixado debaixo de um balcão denotam a frequência intermitente do uso.

A educadora física e síndica do prédio, Lili Sanches, conta que a amizade entre os condôminos ficou tão forte com a oportunidade do espaço infantil e comum, que muitos dos programas de final de semana fora do prédio são feitos pelo mesmo grupo de moradores.

“Um casal que mora aqui comprou um outro apartamento, porém, eles não querem se mudar. Eles não têm coragem de ir para outro lugar por conta desse laço de amizade. Outro caso inusitado foi o de dois casais, um de Santa Fé e outro de Sorocaba, que decidiram pela compra de apartamento no prédio por conta desse espaço que temos para as crianças”, conta a síndica.

Às sextas-feiras, a programação fica animada no Faride Maluf. “Muitos descem com suas panelas para cozinhar nesse espaço de convivência”, diz Lili. Lá, na cozinha do condomínio, o lixo é adaptado para os pequenos e há micro-ondas para a pipoca e o brigadeiro.

Muito além de distração, brincar certo contribui para o desenvolvimento intelectualPensar nos pequenos também foi a ‘palavra de ordem’ no projeto externo do arquiteto Juarez Borges para o Edifício Torres Delta Club, no Bairro Alto. Além do amplo espaço para as crianças correrem e tomarem sol em contato com um belo paisagismo, o piso da área destinada ao playground é especial. “Escolhemos a grama sintética porque ela amortece as possíveis quedas”, conta a arquiteta Maria Paula Orlando.

E com a tendência da vida moderna, que transita entre home-offices, entraves de locomoção na área urbana e falta de tempo, ter um espaço externo logo ali abaixo da residência é uma comodidade que passa longe de ser um luxo. (por Cristiane Bonin)

Revista Tutti Vida & Estilo Ver todas


Index Soluções
MBM Escritório de Ideias.
Rua Professor Luiz Curiacos, 109 – salas 513 e 514   Cidade Jardim   CEP 13416-461   Piracicaba SP  Fone 19 3371 5944  contato@mbmideias.com.br